Pubicado em: ter, jul 4th, 2017

Cuiabá vai sediar 49º Congresso Nacional sobre Saneamento Básico em seus 300 anos

Cuiabá foi a cidade escolhida para sediar o 49º Congresso Nacional de Saneamento. O evento será realizado em 2019, ano em que a Capital completa seus 300 anos, e fará parte do calendário oficial de programações em alusão ao marco histórico. Desenvolvida pela Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento, a iniciativa tem o objetivo de fomentar a universalização e melhoria do atendimento sanitário à população, fortalecendo sua capacidade técnica, administrativa e financeira.

Para o vice-prefeito Niuan Ribeiro, a conquista marca um feito inédito, considerando que esta será a primeira vez que o Congresso é realizado na região centro-oeste. Segundo o gestor, o prefeito Emanuel Pinheiro determinou que a Capital esteja de portas abertas para receber eventos deste porte, que contribuam diretamente para a circulação do município em vários âmbitos, refletindo positiva e transversalmente na economia local.

“Este é um congresso técnico de nível nacional, que em sua maioria é realizado em municípios do eixo sul e sudeste. Nós teremos a oportunidade de interromper este ciclo, trazendo um evento tão fundamental para a nossa região, projetando Cuiabá para o núcleo das grandes cidades aptas a comportarem propostas desta magnitude. Com a presença de grandes empresas e instituições de renome no setor de saneamento básico, a expectativa é que Cuiabá receba na semana do encontro cerca de cinco mil participantes, que movimentarão toda a rede hoteleira, a cadeia de bares e restaurantes e demais desdobramentos do setor de consumo. Considerando que parte do acontecimento abrange o fim de semana, espera-se também um incremento no turismo local e nas áreas adjacentes, como Chapada dos Guimarães e até mesmo o Pantanal, uma vez que nossa terra é a porta de entrada para este grande arquipélago natural”, afirmou.

A realização do 49º Congresso Nacional sobre Saneamento Básico vai permitir também que Cuiabá seja descoberta por grande parte de seu público, que ainda desconhece o potencial que Capital possui. De acordo com o secretário-adjunto de Turismo, Marcus Fabrício, esta será uma oportunidade de celebrar os tempos vindouros que os 300 anos marcam, motivo pelo qual o setor turístico e de consumo se uniram para possibilitar um evento que conquiste os visitantes e os motive a retornar à cidade.

“O leque de benefícios que este congresso traz é imensurável. Além de posicionar Cuiabá em um ponto de destaque, todos os setores diretamente ligados ao consumo sentirão os reflexos. Na semana do evento, nós teremos aproximadamente 25% dos leitos de hotel ocupados, um acréscimo significativo na movimentação desta categoria. Esta mesma média de cinco mil pessoas deve também deixar na Capital cerca de R$ 11 milhões. E toda a estrutura relacionada à cidade já está sendo cuidadosamente preparada, com o apoio do trade turístico. As locadoras de veículos e hotéis oferecerão condições exclusivas ao longo deste período, o que será mais um atrativo para aqueles que vierem para cá na ocasião”, concluiu.

Com 60 stands, 15 mesas redondas, três painéis e mais de 150 trabalhos técnicos, o Congresso – que acontece anualmente – ainda oferece feiras de start ups e minicursos. Em sua edição de 2016, realizada em Jaraguá do Sul, o evento também movimentou cerca de R$ 10 milhões em apenas cinco dias. Neste ano, a iniciativa que se deu em Campinas, contou com uma média de 3.500 pessoas. Segundo a prefeitura local, a estimativa é que R$ 8 milhões tenham sido deixados na cidade entre os dias 19 e 22 de junho.

Novos nichos

A vinda do 49º Congresso da Assamae também fortalecerá Cuiabá como um expoente no setor de turismo de negócios. Conforme a determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, esta gestão potencializará a vinda de feiras, convenções e demais iniciativas do gênero, que permitirão um aumento significativo na economia, à medida que introduz a Capital e suas áreas adjacentes como grandes polos turísticos do Brasil.

Fonte: cuiaba.mt.gov.br

Sobre o Autor