Pubicado em: seg, out 2nd, 2017

Governo da Califórnia convida Tião Viana para a Cúpula Global do Clima

O governador Tião Viana foi convidado oficialmente pelo governo da Califórnia para participar da Cúpula Global do Clima, que será realizada no período de 12 a 14 de setembro de 2018, nos Estados Unidos. O convite foi feito pelo diretor-executivo da Agência de Qualidade Ambiental do estado americano, Richard Corey, por recomendação do governador da Califórnia, Jerry Brown, durante o Encontro Anual da Força-Tarefa dos Governadores para o Clima e Florestas (GCF), que está sendo realizado em Balikpapan, na Indonésia.

O governador Brown faz o convite por entender que o modelo adotado no Acre é um exemplo para o mundo. “Queremos construir ações sobre políticas do clima, mostrando os casos de sucesso. E o Acre é um desses casos de sucesso. Esse será o maior evento sobre o clima da América do Norte”, destacou diretor-executivo Corey.

Acre possui 87% de seu território preservado com florestas e biodiversidade (Foto: Sergio Vale/Secom)

Ao receber o convite, Tião Viana salientou que o Acre quer estabelecer relações com parte do planeta que guarda compromisso com a sustentabilidade. A Califórnia, em sua opinião, tem esse compromisso, pois conserva a natureza e se desenvolve com sustentabilidade.

“Temos interesse em fortalecer essa relação por meio de encontros democráticos e apresentação de plataformas. Conseguimos reduzir em 32% o desmatamento, ao mesmo tempo em que somos os Estado que mais avançou em potencial de competitividade, mostrando que é possível preservar e desenvolver”, explicou Viana.

Tião Viana fez um relato de como o Acre está inserido na agenda global que busca a conservação e desenvolvimento. Segundo ele, o seu governo vai chegar a 10 milhões de árvores plantadas, reforçando o conceito de floresta habitada, produtiva e conservada.“Temos crescimento econômico conservando a natureza e, consequentemente, promovendo a melhoria da qualidade de vida.”
Uma resposta a Trump

O governador Jerry Brown patrocina a Cúpula Global para o Clima na véspera da Cúpula do G20 [encontro das 20 maiores economias do planeta], na Alemanha. Com isso, a Califórnia entra novamente fazendo frente às discussões internacionais sobre mudanças climáticas, ao realizar um evento que contará com as presenças de líderes municipais, estaduais e empresariais nos Estados Unidos e em todo o mundo para se unirem e se comprometerem uma maior ação climática.

Em outubro de 2016, Tião Viana foi recebido pelo governador Jerry Brown, na Califórnia (Foto: Andréa Zílio)

No ano passado, a Califórnia estabeleceu os maiores objetivos de emissões de gases de efeito estufa na América do Norte. A ideia é proporcionar uma grande oportunidade para um conjunto diversificado de líderes subnacionais para prometer ações climáticas concretas, na sequência da decisão do presidente norte-americano Donald Trump de retirar os EUA de Acordo Climático de Paris.

A cúpula também será fundamental para garantir que os governos nacionais – encorajados por seus próprios prefeitos, governadores e líderes empresariais – voltem à mesa em 2020, conforme previsto com compromissos climáticos mais fortes como parte do sistema do Acordo de Paris para aumentar continuamente os esforços ao longo do tempo.

Ao anunciar o evento, o governador Brown declarou: “Sei que o presidente Trump está tentando sair do acordo de Paris, mas ele não fala pelo resto da América. Nós, na Califórnia e em estados de toda a América, acreditamos que é hora de agir. A cúpula da Califórnia proporcionará a esses líderes uma plataforma global para anunciar compromissos e ações concretas adicionais para demonstrar que está preparada para tomar as providências necessárias para a crise climática”, finalizou.

Fonte: agencia.ac.gov.br

Sobre o Autor