Pubicado em: ter, jun 27th, 2017

Idosos atingiram mais de 99% de imunização na campanha da influenza

Cuiabá atingiu 80,96% de cobertura vacinal contra o vírus da influenza. Desse total, 99,27% da população de 45.649 de idosos, grupo considerado como de alto risco para a doença, foram imunizados. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (26), pela Gerência de Imunização da Coordenadoria de Vigilância as Doenças e Agravos (Covida), e estão disponíveis no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunização (SIPNI), do Ministério da Saúde. Ao todo foram aplicadas  89.434 doses da vacina contra a influenza.

Segundo os dados da Vigilância em Saúde, 86,43% das puerperas receberam a vacina. Também foram vacinados  77,92% dos trabalhadores da saúde e 63,06% das crianças de 06 meses a menos de cinco.

Segundo informações da Gerencia de Imunização, os dados ainda são parciais já que os técnicos continuam digitando informações de mapas encaminhados pelas unidades básicas de saúde.

O público considerado de risco para a influenza são os idosos de 60 anos ou mais, crianças de 06 meses a menores de 05 anos, gestantes em qualquer período da gestação, puerperas (até 45 dias após o parto), pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, profissionais da saúde, do sistema prisional e reeducados.

Medidas de prevenção

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a principal forma de transmissão da influenza não é pelo ar, mas pelo contato com superfícies contaminadas.

“Então, mesmo passado o período da Campanha Nacional, a população deve continuar tomando medidas preventivas para evitar a contaminação pelo H1N1 e outras doenças”, alertou a coordenadora de Programas Estratégicos da Diretoria de Atenção Basica, Lidiane Cunha Siqueira.

Entre as medidas que a população deve tomar estão a  higienização das mãos com água e sabão ou álcool gel, o uso de lenços descartáveis para higiene nasal; cobrir sempre o  nariz e boca ao espirrar ou tossir; evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca; higienizar (lavar) as mãos após tossir ou espirrar; não dividir objetos de uso pessoal, como toalhas de banho, talheres e copos, entre outras.

Fonte: cuiaba.mt.gov.br

Sobre o Autor