Pubicado em: qua, jul 26th, 2017

Prefeitura de Cuiabá reforça vacinação contra hepatite B

 

Uma vez que a imunização é a primeira forma de prevenção, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) decidiu reforçar as ações de vacinação nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Município contra a hepatite B neste mês. O trabalho fortalece as atividades relacionadas ao ‘julho amarelo’, já que no próximo dia 28 é celebrado o Dia Mundial de luta Contra as Hepatites Virais.

Dados Epidemiológicos da Secretaria revelam 1.144 casos notificados, dos quais 983 foram confirmados para as hepatites virais A, B e C, entre os anos de 2012 e 2016. Para a coordenadora de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST)/Aids da SMS, Mariella Padilha, os números chamam a atenção para a necessidade de se trabalhar as duas principais formas de prevenção, que são a vacina e o uso de preservativo durante as relações sexuais.

“Muitas pessoas não têm a devida preocupação com a hepatite, pois ela é uma doença silenciosa. Os sintomas são perda do apetite, enjôo, vômito, cansaço extremo, mal-estar, dor muscular, nas articulações e de cabeça, tosse constante, coriza, entre outros. O sinal de alerta é aceso com a icterícia, que é o amarelamento da pele. Mas, quando isso acontece, não é raro o paciente ter desenvolvido outras enfermidades por causa da doença, como o câncer”, explicou Mariella.

A incidência da doença na população cuiabana é considerada alta, segundo a coordenadora. Dados do Núcleo de Informações da SMS demonstram um risco maior de infecção pela hepatite B. Em 2015, o número de pessoas que podem ter contraído esta variação do tipo B do vírus é de 114 para cada grupo de 100 mil habitantes. Já do tipo A é de 33, enquanto do tipo C é de 85, no mesmo ano.

Na Capital, o Serviço de Assistência Especializada (SAE), junto com o Centro Estadual de Referencia em Média e Alta Complexidade (Cermac) e o Hospital Universitário Julio Muller (HUJM) são unidades de referência no tratamento e acompanhamento dos pacientes com hepatites virais. O SAE está localizado no bairro Grande Terceiro e conta com uma equipe multidisciplinar, composta por médicos infectologistas, ginecologista/obstetras, cardiologista, hepatologista, dentre outros.

 

Fonte: cuiaba.mt.gov.br

Sobre o Autor