Anatomia Política – 20 De Abril De 2015

634

>>> O bom de ser colunista é o assédio. Sempre que sai uma coluna quentinha, durante uma semana fico recebendo ligações de políticos. Uns reclamam, outros elogiam e tem aqueles que pedem para aparecer (positivamente) nas minhas escritas. Não cola. Meu papel aqui é abrir as cortinas antes da peça começar. As articulações para 2016 começaram em outubro do ano passado e já tem muita coisa acontecendo.

>>> Segundo análise do IRPE, 14 prefeitos poderão perder a disputa para a reeleição em 2016. Pelo que consta no TRE, 17 prefeitos dos 52 de Rondônia fecham o segundo mandato e não podem concorrer à reeleição. Dos 35 que disputarão o segundo mandato, apenas 21 deles apresentam condições reais de se reeleger. Os demais terão de contar com muita sorte.

>>> Na coluna publicada em Março, no site da revista, eu falei de alguns municípios. Vou fazer uma suíte: eu disse que em Cerejeiras o Airton gomes estava mal das pernas na cidade, mas na área rural era imbatível. Parece que já começa a dar a volta por cima também na área urbana. No início de abril ele anunciou um pacotão de obras e já começou a reconquistar a confiança dos eleitores. Seus adversários mais fortes continuam sendo Kleber Calixto e Ezequiel Neiva.

>>> Também se confirma em Colorado do Oeste o crescimento da oposição ao Josemar Beato. O PMDB e o PT se articulam e ganham força a cada dia. Vai ser uma disputa difícil para Josemar.

>>> Em Vilhena, segundo informações extraoficiais, o candidato do Melki Donadon é a sua irmã, Raquel Donadon. Ela obteve expressiva votação para deputada Federal nas eleições passadas. Luizinho Goebel vai apoiar o candidato de Rover, o Gustavo Valmorbida, que até o momento tem recebido o maior numero de adesões, tanto de empresários quanto de lideranças. Ainda deverá existir uma “terceira via”, talvez liderado por Junior Donadon, com adesões de outros vereadores. Julinho da Radio também deve lançar candidatura.

>>> Em Ariquemes, depois da publicação da ultima coluna, surgiu um movimento novo. O Delegado Thiago Flores reapareceu e deve disputar a vaga do PMDB com o jornalista Ricardo Scwantz. Os outros dois prováveis candidatos são Adelino Follador (DEM), e o atual prefeito, Lourival Amorim.

>>> Em Jaru, o quadro começa a se desenhar agora. A atual prefeita deve sair à reeleição, tendo como principal adversário o ex-vice-prefeito, Flavio Correia (PSD). Também entrarão na disputa o Vereador Jeferson Lima (PMDB) e a ex-deputada Stella Mari (PR).

>>> Em Porto Velho a oposição nada de braçada. A deputada Mariana Carvalho (PSDB) e o empresário Mauro Português (PMDB) ameaçam a reeleição de Mauro Naziff (PSB). A rejeição de Naziff é uma das piores da história de prefeitos de Porto Velho.

>>> Em Machadinho dois candidatos apresentam boas condições de disputa. O vice-prefeito Celso Coelho (PMDB), e o petista Leomar Patrício. O atual prefeito, Marinho da Caerd (PV), finaliza seu segundo mandato, portanto não será candidato.

>>> Em Buritis a situação está critica. O atual prefeito está em mau lenções, e a oposição se articula. O nome do petista Alfredo Volpi é um dos mais cotados.

>>> Em Cacoal devem surgir nomes novos na disputa. Padre Franco (PT) está fora do páreo porque encerra seu segundo mandato. O nome mais cotado no momento é o da deputada Glaucione (PSDC).

>>> Em São Francisco do Guaporé a prefeita Lebrinha (PP) não tem adversários a altura. Tudo indica que sua reeleição é tranquila. Uma coisa é quase certa: ela deve trocar o seu vice-prefeito.

>>> Em Costa Merques tudo novo. O velho de guerra, Chico Território, vai jogar a toalha. O mandato trouxe só dissabores ao lendário chico. Quem vai sucedê-lo? É difícil prever. Mas, seja quem for, terá muitos desafios quando assumir o mandato.

*Dejanir Haverroth – Bacharel em Comunicação Social, especialista em Ciências Políticas, especialista em Assessoria de Comunicação, Trainer Internacional em PNL, Praticante de Coaching Quântico Sistêmico e COACH Político – Certificados reconhecidos por três entidades internacionais.

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *