Chupinguaia- Moradores insistem em fazer festa em plena pandemia, e PM tem que intervir

71

  A desobediência ao decreto municipal número 2.579, de 03 junho de 2020, no que tange a proibição de aglomeração de pessoas, em face a pandemia do coronavírus, deu trabalho aos policiais militares de Chupinguaia, na manhã deste sábado, 6.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), por volta das 08h40, uma guarnição estava em patrulhamento pela Avenida Airton Senna, no Setor 10, próximo ao CRAS, quando os militares se depararam com uma festa que acontecia numa casa, na qual as pessoas que participavam, estavam em desacordo com o decreto citado acima.

Com isso, foi feito incursão no local, onde o proprietário foi identificado pelas iniciais F.O.G., de 35 anos.

Todavia, os PMs orientaram o anfitrião e os convidados que dispersassem, pois de acordo com decreto, durante a pandemia está proibido festa e similares devida a aglomeração, para evitar a proliferação do coronavírus.

Contudo, no momento em que os convidados estavam se retirando, o proprietário da residência disse para eles que permanecessem no local, pois não era para irem embora.

Diante da ação do dono do imóvel, a guarnição não teve outra alternativa a não ser dar voz de prisão ao proprietário da residência.

Com isso, os convidados ao perceberem que seria registrada uma ocorrência deixaram o local, ficando apenas um rapaz identificado pelas inicias B.S., e F., proprietário da casa que é cadeirante.

Entretanto, B., estava bem exaltado, foi solicitado que ele apresentasse seus documentos pessoais para a lavratura do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), o qual se recusou, alegando conhecer seus direitos pois simplesmente estava fazendo uma festa para seus amigos, neste momento F., interviu dizendo que só apresentariam seus documentos na delegacia.

Diante dos fatos F., e B., foram conduzidos ao quartel PM para providencias cabíveis.
A Polícia Militar pede aos moradores de Chupinguaia que respeitam o decreto municipal e evitem fazer ou participar de festas, pois a aglomeração está proibida, e quem descumprir poderá ser responsabilizado na forma da lei.

Confira boletim de sexta-feira, 5.

 

FONTE: extraderondonia




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *