Cláudia Moura apresenta propostas para quatro anos de trabalho e recebe sugestões de mais de 300 lideranças

150

(Porto Velho) – Um trabalho parlamentar com forte participação popular. Assim definiu a pré-candidata a deputada federal Cláudia Moura para cerca de 320 lideranças de diversos segmentos que compareceram ao auditório de uma renomada faculdade, de Porto Velho, em reunião realizada na terça-feira (24).

O discurso foi didático e pedagógico. Visava alcançar,ao máximo, pessoas de todos os níveis de instrução, mas com grande potencial de liderança. A pré-candidata expôs sua plataforma em áudio visual e depois passou a palavra para quem quisesse falar.

Um dos pontos fortes do encontro considerado inusitado e interessante por todos, foi o questionário entregue ao público, com perguntas que remetiam a sugestões por parte dos presentes, para que posteriormente pudessem ser incorporadas à plataforma de trabalho da pré-candidata.

Na plataforma, Cláudia Moura ressalta que “a eventual conquista do mandato parlamentar na Câmara dos Deputados, com as eleições em 2018, tem entre seus pressupostos, antes de qualquer ação, o meu claro e inegociável posicionamento político frente aos problemas que, décadas após décadas, ainda persistem no campo da promoção e garantia dos direitos sociais dos cidadãos brasileiros”.

A pré-candidata disse, ainda, que pretende trabalhar por aqueles que mais precisam. Os mais fragilizados, os mais vulneráveis, os pequenos, os mais pobres. “O Brasil tem fechado os olhos para o real enfrentamento dos seus problemas sociais históricos”.

Cláudia Moura lembrou sobre sua passagem pela vida pública, na condição de servidora, como assessora técnica a parlamentares na Câmara dos Deputados, e de gestora da área da Assistência Social nos âmbitos, municipal e estadual.

Professora universitária do curso de Comunicação Social, Cláudia é jornalista formada na Universidade Federal de Goiás (UFG) e pós-graduada pela Universidade de Brasília – UNB. Recentemente, trabalhou na Federação do Comércio de Bens Serviços e Turismo de Rondônia (Fecomércio-RO), de onde se afastou em abril desse ano para se tornar pré-candidata.

“A maior parte dos políticos não olha para o que, de fato, deveria olhar”, disse Cláudia. “Na maioria das vezes, os políticos focam em fazer entregas imediatas, como se estivéssemos todos em um sistema de barganha, onde o eleitor troca seu voto por umas migalhas. Isso não pode mais acontecer”, enfatizou Cláudia.

A promotora de vendas Elisângela Silva, moradora da Zona Sul de Porto Velho, observou que Cláudia Moura se colocou diante do público com muita verdade. “Em todas as reuniões que fui até hoje, a plateia apenas ouvia. Já a pré-candidata Cláudia Moura fez questão que as pessoas fizessem suas sugestões”, disse ela.

Joana Joanora, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL- PVH,também apóia a pré-candidatura de Cláudia Moura. “As propostas de Cláudia faz dela a pessoa certa para promover as mudanças que a Câmara Federal precisa”, disse a líder do setor comercial de Porto Velho.

A visão de Joana Joanora foi compartilhada pelo pastor evangélico, Jota Lima, líder do Ministério Pentecostal Jesus é a Salvação. Jota Lima disse que “a verdade é uma só: o que tem acontecido nos dias de hoje é que os candidatos vêm e depois vão. Precisamos inovar isso”, disse o religioso.

Thiagão Nove, presidente da Associação de Moradores do Bairro Floresta, também falou: “Só o fato de as pessoas terem oportunidade de se manifestar, já torna Cláudia Moura uma pré-candidata diferenciada” afirmou o líder comunitário.

Assessoria de Comunicação
Valdir alves Gallo




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *