Embrapa lança tecnologias e apresenta novidades na 8ª Rondônia Rural Show

121
Novas cultivares híbridas de café, aplicativo para arborização de pastagem e mais de 50 tecnologias para a agropecuária estarão à disposição do público.

Durante a 8ª Rondônia Rural Show, de 22 a 25 de maio, a Embrapa irá lançar dez cultivares clonais de cafés híbridos, que reúnem características das variedades conilon e robusta. Com este pacote tecnológico, além de o cafeicultor saber quais clones deverão ser combinados na lavoura, será possível também escolher individualmente cada material, de acordo com as características desejadas: produtividade, qualidade da bebida, resistência a doenças, entre outras. As cultivares de café são recomendadas para a Amazônia Ocidental e noroeste de Mato Grosso. “O lançamento de clones individuais é uma novidade mundial para a espécie Coffea canephora e que vamos levar ao público na Rondônia Rural Show”, comenta o chefe de pesquisa da Embrapa Rondônia, Alexsandro Teixeira.

Também será lançado na feira o aplicativo Arbopasto, desenvolvido pela Embrapa e a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Com ele, o produtor pode escolher as espécies de árvores nativas mais adequadas a cada pastagem. O Arbopasto está disponível no GooglePlay, para dispositivos que operam com Android, e também pode ser acessado na internet (https://arbopasto.cpafro.embrapa.br/) por celulares, tablets, computadores e até smart TVs com qualquer sistema.

A tecnologia disponibiliza informações de 51 espécies arbóreas nativas da Amazônia Ocidental de forma rápida por meio de uma série de funcionalidades, como filtros de busca para a procura por espécies considerando suas principais características. Os ganhos de inserção de árvores nas pastagens são muitos: podem diversificar os produtos obtidos na propriedade e elevar a renda, melhorar o microclima e oferecer mais conforto térmico e bem-estar ao animal, aumentar a fertilidade do solo e até tornar a paisagem mais agradável.

A 8ª Rondônia Rural Show será realizada de 22 a 25 de maio, no Centro Tecnológico Valdeci Rack, localizado na Rodovia BR-364, Km 333, Zona Rural, no município de Ji-Paraná, Rondônia. Os portões estarão abertos a partir das 7h30 e fecham às 18h.

Vitrine Tecnológica da Embrapa contará com mais de 50 cultivares de plantas desenvolvidas pela Empresa. São diversas opções disponíveis para o pequeno, médio e grande produtor. Tecnologias para a produção de grãos, produção animal, pastagens, fruticultura, cafeicultura e mandiocultura, atividades de grande relevância para o estado e região. Além disso, uma equipe técnica da Embrapa Rondônia estará disponível durante toda a feira para sanar dúvidas e promover o intercâmbio de conhecimento com o público.

Destaques na Vitrine Tecnológica da Embrapa

Neste ano, a Embrapa apresentará ao público duas novidades em sua Vitrine Tecnológica. Uma delas é o Laboratório Embrapa, que será montado com microscópio, lupa e outros itens que vão proporcionar ao visitante conhecer melhor a ciência que há na agricultura e poderá interagir com a equipe técnica e equipamentos, visualizando pragas e doenças que atacam as culturas agrícolas. Uma mostra de que a agricultura é movida à ciência.

A outra novidade é a apresentação de equipamento utilizado na operação de desbrota da bananeira para remoção das gemas apicais, o Desperfilhador de bananeira por roto-compressão. Este dispositivo desenvolvido pela Embrapa substitui a tradicional “Lurdinha”, reduzindo em 20% o tempo de operação quando comparado a esta e apresentando eficiência de quase 100% na remoção dos brotos, ou seja, não ocorre a rebrota, evitando o retrabalho e aumentando o intervalo entre as desbrotas.

A bananeira produz muitos brotos, o que leva ao número excessivo de plantas por touceira, competindo entre si, interferindo negativamente no tamanho dos frutos, acarretando em redução da produção e menor vida útil do bananal. Nesse sentido, o controle do número de plantas por touceira torna-se fundamental para o manejo de bananais em que se busca elevada produtividade. Os visitantes poderão ver este dispositivo na Vitrine Tecnológica da Embrapa.

Mais tecnologias e inovações

Algodão – plantas estão cultivadas na área da Vitrine Tecnológica da Embrapa para demonstração ao público. O cultivo do algodoeiro está sendo retomado em Rondônia e é uma opção para o plantio de safrinha, especialmente nas áreas de Cerrado. A autorização de plantio do algodão geneticamente modificado (GM) em Rondônia, pela Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio), ocorreu em outubro de 2018. A decisão teve por base o conhecimento da Embrapa, enviado por meio de parecer técnico, que comprovou a segurança ambiental de se introduzir plantas geneticamente modificadas, subsidiando a liberação do plantio.

Solarizador de substrato para produção de mudas sadias – adaptado pela Embrapa Rondônia, esta tecnologia é uma opção simples, barata e ambientalmente segura para se produzir mudas livres de nematoides. Tem grande potencial de uso pelos produtores de mudas de café, principal cultura implantada no estado de Rondônia.

Cultivar de arroz BRS A501 CL  recomendada para o cultivo em terras altas, tem elevado potencial produtivo e tolerância ao herbicida Kifix® (impazapir+imazapique). Apresenta ainda boa qualidade de grãos, com alto e estável rendimento industrial. Graças à tecnologia Clearfield, é indicada para utilização em áreas com problemas de plantas daninhas, ou em consórcio com forrageiras, para a recuperação de pastagens degradadas. Outras duas cultivares de arroz para terras altas estarão à disposição.

AzoTotal – inoculante com bactérias (Azospirillum brasiliense) promotoras do crescimento de plantas. Este biofertilizante foi desenvolvido pela Embrapa em parceria com a iniciativa privada e é o primeiro produto comercial com registro para braquiárias, ele também é recomendado para milho e trigo. Além da economia em fertilizantes nitrogenados pela inoculação com Azospirillum, o produto contribui ainda com o equilíbrio do meio ambiente.

Coleção de cultivares de soja, em parceria com o Instituto Soja Livre, são opções para cultivo no estado. Os sojicultores e demais interessados na cultura conhecerão as cultivares convencionais e transgênicas de soja da Embrapa e de parceiros que vêm apresentando bons resultados em Rondônia.

Mais grãos – também estarão disponíveis cultivares de milho para produção de grãos e milho verde. Girassol e plantas de cobertura compõem a vitrine de plantas anuais.

Forrageiras – serão mais de 17 cultivares diferentes, desde variedades tradicionais mais conhecidas até cultivares recém-lançadas de braquiárias como a BRS RB331 Ipyporã e BRS Quênia, resistentes às cigarrinhas-das-pastagens e de alta produtividade. O produtor poderá conhecer as forrageiras, suas características e ter informações para a tomada de decisão de qual a variedade mais adequada para suas condições.

Fruticultura e mandiocultura – sistema de produção de açaí com diferentes densidades de plantas e variedades de banana com resistência à Sigatoka-negra. Para a mandiocultura, variedades biofortificadas com elevado teor de betacaroteno.

Mais tecnologias – estarão disponíveis outras tecnologias da Embrapa como a régua de manejo de pastagem, dispositivo para avaliação de condição corporal do rebanho – Vetscore, kit Embrapa de ordenha manual, entre outras.

Palestras na Rondoleite

A Embrapa também tem ações na Rondoleite, que acontecerá juntamente com Rondônia Rural Show. O tema Qualidade do Leite: Pontos críticos e boas práticas de produção, será apresentado pela pesquisadora da Embrapa Rondônia, Juliana Alves Dias, 24/5, às 10h. O pesquisador da Embrapa Rondônia, Pedro Gomes da Cruz apresentará palestra sobre Manejo sustentável de pastagem, dia 24/5, às 11h.

Assessoria de Comunicação  – Embrapa Rondônia 
Renata Silva




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *