Empresa propõe pagar 50 mil em estatal que gera 1 Bilhão

182

Na manhã desta segunda-feira (05), o deputado estadual Jesuíno Boabaid (PMN) realizou audiência pública sobre a privatização da CERON – Centrais Elétricas do Estado de Rondônia, no plenário da Assembleia Legislativa, no qual participaram trabalhadores e presidentes de sindicatos da categoria.

O Presidente do Sindicato dos Engenheiros do Estado de Rondônia (SENGE), Ademir Cunha, disse que a proposta dos empresários canadenses, é pagar apenas R$ 50 mil reais para obter a empresa de energia rondoniense, que tem rendimento bruto mais de R$ 1 bilhão de reais ao ano.

De acordo com Ademir Cunha, as privatizações trazem prejuízos irreparáveis aos consumidores, pois no Estado do Rio de Janeiro (RJ), as reclamações do péssimo serviço e as oscilações do consumo, que resulta na queima de aparelhos domésticos e eletroeletrônicos. No Estado Pará (PA), as reclamações são com os absurdos de erro na leitura do consumo doméstico.

Segundo o presidente do SENGE, uma vasta pesquisa de 10 anos sobre a privatização das estatais elétricas do Nordeste brasileiro, constatou que os benefícios foram apenas para os acionistas, que lucraram milhões de dólares com o investimento energético. No entanto, os indicadores desta pesquisa, não obteve resultados positivos dessas privatizações com relação ao serviço técnico e a qualidade dele para com as famílias nordestinas.

 – Se privatizar a Ceron é certo que a taxa da tarifa de energia elétrica irá aumentar o seu valor – declarou Ademir Cunhar, presidente do SENGE.

Fonte: mapping.com.br




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *