Faixas inovadoras superam críticas com resultados: LRVs diminuem acidentes em 95% em avenida de Vilhena

204

Cruzamento causava 8 colisões por mês e agora registra menos de 1

Dois meses e meio após a instalação das LRVs (Linhas de Estímulo à Redução da Velocidade) em Vilhena, o número de acidentes caiu vertiginosamente em seus locais de implantação. A diminuição é da ordem de 95% e demonstrou a eficiência da técnica, apesar de ter sido recebida com críticas nas redes sociais.

“Enquanto alguns criticam, nós trabalhamos. Tenho dito isso algumas vezes e é importante identificarmos quem está falando, se é uma pessoa sincera ou apenas um crítico adversário. Essas faixas são baratas e trazem resultados. É preciso se informar antes de falar mal. Peço que continuem confiando pois estamos nos esforçando ao máximo. Este ano será um ótimo ano”, conta o prefeito Eduardo Japonês.

Implantada de forma inédita pela Secretaria de Trânsito, as LRVs da avenida Brigadeiro Eduardo Gomes com a avenida 30 reduziram os acidentes de 20 para 1 nos 2 meses e meio desde que foram pintadas, já que a média era de 8 acidentes por mês. A redução representa queda de 95% no número de colisões no local.

“Estamos felizes com os resultados pois demonstra que conseguimos evitar que várias pessoas acidentadas fossem parar no Hospital Regional de Vilhena, afinal, o trânsito é também uma questão de Saúde”, explica Roccio Candido, secretário de Trânsito.

PEDIDOS – Após o sucesso da LRV na Brigadeiro, moradores e até mesmo o vereador Carlos Suchi, policial militar ex-comandante da Polícia de Trânsito da cidade, indicaram à Prefeitura que fizesse a pintura de novas faixas em locais onde os acidentes são mais frequentes.

A segunda sequência de faixas de estímulo à redução de velocidade foi instalada há cerca de 20 dias na avenida Tancredo Neves esquina com a avenida Melvin Jones. Desde que foi pintada, nenhum acidente foi registrado no local.

COMO FUNCIONA – Por meio de pesquisas realizadas pelos técnicos da Semtran, a solução de implantar as LRVs surgiu pois seu sucesso em grandes cidades pelo Brasil passou a chamar a atenção. Surtindo mais efeito que as lombadas e com um custo bem menor, as LRVs são previstas pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito).

O órgão explica em seus manuais que o efeito visual que a sinalização gera, alerta o motorista de que é necessário reduzir a velocidade e ficar atento. As linhas vão se aproximando umas das outras conforme a proximidade com o cruzamento.


Semcom – Assessoria de Comunicação





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *