Japão propõe aliança de países contra a China

45

Fonte: Revista Oeste

Primeiro-ministro ressaltou a importância da política de enfrentamento ao país asiático

Com o objetivo de promover um “Indo-Pacífico livre”, o primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga, defendeu nesta sexta-feira, 29, uma aliança anti-China entre seu país, os Estados Unidos, a Austrália e a Índia. Recentemente, essas nações tiveram desentendimentos diplomáticos com o país oriental, sobretudo devido às suspeitas de que o Partido Comunista ocultou do Ocidente o potencial do coronavírus — cientistas denunciaram pressão do governo para que mentissem sobre o patógeno.

Em sessão on-line do Fórum Econômico Mundial, Suga ressaltou a importância da política de enfrentamento ao país asiático. Isso porque o Japão contesta as reivindicações do Partido Comunista sobre as rotas marítimas da região, vitais para a economia, como no mar do Sul da China. Também o premiê reafirmou que o Japão irá levar adiante a Olimpíada, que foi adiada do ano passado para junho, em razão do surto de covid-19. O evento será uma prova de “coragem e esperança”, afirmou Suga.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *