Laboratório de análise de solos do Senai em Ji-Paraná presta serviços há 12 anos

398

Em atividade desde 2006, o laboratório de análise de solos do Senai em Ji-Paraná está equipado tecnicamente para atender a demanda regional, no controle de qualidade e da assistência técnica para projetos e execução de obras da construção pesada envolvendo: solos, asfalto e concreto, desde o reconhecimento geológico até a sua conclusão.

O laboratório de análise de solo do Senai atendeu várias empresas, dentre elas, MB Services obra de subestação da Eletrobrás (Alvoradas, Presidente Médici, São Miguel, São Francisco, São Domingos e Costa Marques); DER-RO, obra da ponte do anel viário de Ji-Paraná; Atacadão Ji-Paraná, análises de solo e concreto; Novo Shopping de Porto Velho análise de solo para fundação; Aeroporto de Cacoal; Novo Centro de Distribuição Cairu de Pimenta Bueno e Consórcio Fidens-Mendes Júnior obra BR 329.

Segundo o laboratorista de solos, asfalto e concreto, Ires dos Santos Cardoso, da escola Sesi-Senai Ji-Paraná, o laboratório está habilitado para realizar analises em solos; concreto e asfalto. “O laboratório possui certificação de calibração de equipamento e tem prestado serviços a empresas públicas e privadas, que atuam na área da construção pesada e primam pelas normas regulamentadoras vigentes de seus produto e serviços”, disse.

Cardoso lembra que em fevereiro de 2018, o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves juntamente com o presidente da Fiero, Marcelo Thomé, conheceu o laboratório. Chaves constatou que o laboratório do Senai oferece todas as condições para atender as necessidades da prefeitura. A visita in loco era um dos requisitos a serem cumpridos para que a parceria da prefeitura com o Senai fosse firmada para a prestação de serviços especializados.

O laboratorista explica que a atividade de Controle da Qualidade é fundamental para a segurança, a economia e a durabilidade dos empreendimentos de construção rodoviária em geral. “Nesse sentido, o Laboratório de solos, asfalto e concreto do Senai de Ji-Paraná atua há 12 anos, suprindo as necessidades de consultoria técnica, estudos, ensaios, e acompanhamento integral, voltados à tecnologia dos serviços”, afirmou.

Assessoria de Comunicação Social do Sistema Fiero
Carlos Araújo




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *