Protestos violentos no Haiti após grande aumento nos preços dos combustíveis

298

Protestos violentos foram registrados na sexta-feira nas ruas de Porto Príncipe depois que o governo do Haiti anunciou um aumento expressivo dos preços dos combustíveis, parte do acordo assinado em fevereiro com o Fundo Monetário Internacional (FMI).

Um homem foi linchado e morreu quando tentou forçar a passagem em uma barricada. O corpo da vítima, que era segurança de um político da oposição, foi incinerado na rua.

Durante a noite, as principais avenidas da capital permaneciam bloqueadas com pneus em chamas e em vários bairros era possível ouvir os tiros.

Os manifestantes protestam contra o aumento dos combustíveis anunciado pelo governo: 38% para a gasolina, 47% para o diesel e 51% para o querosene a partir deste sábado.

O primeiro-ministro do Haiti, Jack Guy Lafontant, pediu paciência à população após os protestos.

“Peço paciência a vocês porque nossa administração tem uma visão, um programa claro”, disse o chefe de Governo.

“Não destruam, porque o Haiti fica mais pobre (…) O país está em construção, mas se a cada vez o destruirmos, ficaremos sempre para trás”, completou.

Fonte: br.noticias.yahoo.com




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *