Taxa de isolamento cai para 39,7% após Rondônia iniciar nova fase de distanciamento

71

Estado chegou a ficar vários dias em primeiro lugar no país com melhor taxa de isolamento.

Um dia depois do estado de Rondônia iniciar o distanciamento social controlado, uma nova fase decretada pelo governo, o índice de isolamento social em Rondônia caiu para 39,7%. Os dados são da empresa In Loco, que usa como base dados de localização dos celulares.

A nova fase de distanciamento foi publicada em decreto na terça-feira (16). Nesse dia, a taxa de isolamento social no estado era de 41,42%. Já na quarta-feira (17) esse índice recuou para 39,7%.

Mesmo com a queda para 39,7%, segundo a In Loco, Rondônia ainda tem a 6ª melhor taxa de isolamento social do Brasil. Na quarta-feira, o primeiro lugar do ranking era ocupado pelo Amapá, com 42,39% de isolamento. O Acre está na segunda posição, com 41,12% (veja abaixo).

Na semana passada, quando o governo endureceu as medidas contra a Covid-19 e decretou isolamento restritivo, Rondônia ficou por vários dias no primeiro lugar do ranking nacional que mede o índice de isolamento social. A taxa chegou a 55,18%.

Apesar de ultrapassar os 50% na última semana, autoridades de saúde dizem que o índice recomendado de isolamento é acima de 70%, pois assim é possível reduzir gradativamente a propagação da Covid-19.

O que é distanciamento social controlado?
É entendido como Distanciamento Controlado o monitoramento constante da evolução da pandemia e suas consequências sanitárias, sociais e econômicas, com base em evidências científicas. Observando o sistema de saúde e segmentações setorizadas das atividades econômicas, visando o equilíbrio entre a preservação da vida e os valores sociais do trabalho.

Seguem suspensas e proibidas:
As visitas em hospitais públicos e particulares.
Visitas em estabelecimentos penais estaduais e unidades socioeducativas.
Visitas a asilos, orfanatos, abrigos e casas de acolhimento.
A entrada no Estado, de veículos de transporte público e privado, de origem ou com destino ao território internacional.
Cirurgias eletivas em hospitais públicos e privados.
As realizações de eventos sociais e reuniões de qualquer natureza, na primeira e segunda fase de caráter público ou privado, com mais de cinco pessoas, exceto reuniões de governança que tenham como objetivo o enfrentamento da epidemia.
A permanência e trânsito de pessoas em áreas de lazer e convivência, pública ou privada, inclusive em condomínios e residenciais, com o objetivo de realizar atividades físicas, festivas e outras atividades sociais sem relevância pública que envolvam aglomerações de pessoas.
A realização de pesca esportiva.
O decreto determina que as atividades educacionais presenciais regulares na rede estadual, municipal e privada, ficam suspensas até o dia 31 de julho

Fonte: G1 Rondonia




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *