Zuckerberg, do Facebook, vai comparecer perante Parlamento Europeu para falar de ‘vazamento’ de dados

55

Dados de 87 milhões de pessoas foram usados pela consultoria política Cambridge Analytica, que participou da campanha de Donald Trump

O presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, vai comparecer perante membros do Parlamento Europeu para responder perguntas sobre o uso indevido de dados de usuários por uma consultoria política, disse o presidente do Parlamento nesta quarta-feira (16).

A maior rede social do mundo passa por escrutínio em relação à forma como lida com dados pessoais após revelações de que a consultoria britânica Cambridge Analytica, que trabalhou para a campanha de Donald Trump à presidência dos Estados Unidos em 2016, acessou indevidamente os dados de 87 milhões de usuários.

“O fundador e presidente-executivo do Facebook aceitou nosso convite e estará em Bruxelas assim que possível, talvez já na próxima semana”, disse Antonio Tajani, presidente do Parlamento Europeu, em um comunicado.

Zuckerberg vai se reunir com líderes partidários e membros do comitê de liberdades civis.

“Eu saúdo a decisão de Mark Zuckerberg de comparecer perante representantes de 500 milhões de europeus. É um passo na direção correta rumo a restaurar a confiança”, disse Tajani.

O parlamento britânico também solicitou que Zuckerberg respondesse perguntas de legisladores, mas quem compareceu à audiência foi o vice-presidente de Tecnologia da empresa.

Explicações nos EUA

Em abril, Mark Zuckerberg respondeu perguntas de deputados na Câmara dos Estados Unidos em um depoimento de quase cinco horas. No dia anterior, ele já tinha participado de uma audiência sobre o mesmo assunto no Senado que durou cerca de cinco horas.

O executivo foi questionado pelos deputados do Comitê de Energia e Comércio sobre como o Facebook reagiu ao “vazamento” de dados de 87 milhões de pessoas pela consultoria política Cambridge Analytica e como a empresa trabalha para proteger os dados de seus usuários.

Fonte: g1.globo.com




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *